Como uma franquia com cultura forte atrai mais parceiros

Como uma franquia com cultura forte atrai mais parceiros

24 de março de 2020

Com o sucesso de empresas como Google e Facebook, muitos empreendedores começaram a perceber a importância de criar uma cultura forte dentro das suas organizações. Porém, como nem tudo é perfeito, ainda existem aqueles que não enxergam essa relevância e continuam negligenciado o desenvolvimento desse fator.

Seja por falta de conhecimento e preparo ou por acreditar que bons rendimentos são suficientes para atrair parceiros e colaboradores, o fato é que muitas franqueadoras ignoram a criação de uma cultura para as suas marcas.

Ainda que o mundo atual mostre o contrário, essa resistência continua e, basicamente, diverge da ideia abrangente do modelo de franchising.

Então, para você entender o quanto uma cultura estabilizada é essencial para o sucesso da sua franquia, preparamos este artigo com os principais pontos sobre o assunto.

Boa leitura!

O que é a cultura de uma empresa e qual é a sua importância?

Com certeza você conhece alguém que vivenciou a experiência de ganhar um bom salário, mas não se mostrar feliz ou motivado em continuar trabalhando na mesma empresa. Talvez até já tenha passado por isso.

Isso se deve muito à cultura implantada na organização e à rotina vivenciada pelo profissional. Atualmente, graças a estudos sérios e à disseminação da informação, sabemos o quão um ambiente de trabalho prazeroso é essencial para a retenção de parceiros e colaboradores.

Embora o bom retorno financeiro seja relevante, ele só é parte do sonho profissional. Ou seja, por si só, não é capaz de oferecer a satisfação plena. Ainda que ganhe um salário razoável, com o tempo, a pessoa tende a buscar lugares onde se sinta mais feliz.

O conceito de cultura organizacional diz respeito a todos os fatores que guiam o modelo de gestão de uma empresa e o comportamento dos profissionais dentro do ambiente de trabalho. E você pode englobar tudo mesmo:

  • comportamento;
  • vocabulário;
  • símbolos;
  • sistemas;
  • políticas;
  • práticas;
  • hábitos;
  • valores;
  • missão.

Como você pôde ver, a própria definição de cultura empresarial reforça a sua importância. Basicamente, ela diz respeito a tudo que influencia a vida de um profissional em relação a uma marca — seja como funcionário, franqueado e até cliente.

Mas claro, é sempre mais fácil desenvolver esses fatores homogeneamente dentro de um único estabelecimento. Já pensando no modelo de franchising, o trabalho tende a ser árduo.

Por outro lado, se a cultura da sua franquia for reconhecidamente forte e aprazível, isso destacará a sua marca no mercado. Além dos bons produtos e serviços, a sua empresa atrairá franqueados por oferecer uma experiência profissional realmente diferenciada, e os benefícios tendem a ser numerosos.

Quer saber quais são? Confira alguns a seguir.

Quais são as vantagens de uma cultura empresarial forte?

Agora você já sabe que a cultura empresarial pode ter relação direta com o sucesso de uma franquia. No entanto, o quão vantajoso pode ser um trabalho excepcional nesse sentido? Entenda.

Diferenciação da marca

Quando se fala na possibilidade de trabalhar em empresas como Google e Facebook, a maior parte das pessoas já se sente motivada mesmo sem saber sobre os ganhos financeiros. O interesse maior é focado na oportunidade de trabalhar em locais com culturas diferenciadas.

Assim também acontece com toda franquia que se destaca além da sua força de venda. Ao ser reconhecida como um ambiente saudável para qualquer empreendedor, a sua marca se destaca e se torna realmente única no mercado.

Atração de bons franqueados

Essa vantagem responde à pergunta principal do nosso artigo. O fato é que sempre tendemos a atrair pessoas com visões e ideais semelhantes aos nossos. No mundo empresarial acontece da mesma forma.

Uma marca será sempre benquista por empreendedores que se identificam com a cultura implementada — não só na franqueadora principal, mas também em todas as suas ramificações.

Ainda que não seja utópico, o franqueado terá a certeza de que a franquia é o local ideal para que ele comece a sua caminhada e se desenvolva com maior tranquilidade. E esse cenário positivo é determinante para que a cultura continue se disseminando e o trabalho coletivo fique mais forte.

Maior probabilidade de sucesso

A verdade é que sem uma cultura empresarial forte qualquer empreendimento está destinado ao fracasso. Hoje, a dificuldade de gerenciamento de pessoal está entre os principais motivos para o insucesso de muitas empresas — e isso tem muito a ver com a falta da implementação de uma cultura diária.

Como já explicamos, com parceiros e funcionários desmotivados, dificilmente as metas e os objetivos são alcançados. Com isso, a qualidade do serviço tende a cair gradualmente e as filiais fecharem uma a uma.

Já em um cenário onde a cultura empresarial é concreta, acontece totalmente o contrário. O bem-estar profissional e social acabam se juntando e o engajamento acontece naturalmente. Com mais motivação, há maior participação por parte dos franqueados, resultando no sucesso das filiais e da marca principal.

Enfim, não importa o setor de atuação da sua franquia: sem uma cultura bem estabelecida, dificilmente a sua marca se manterá em destaque.

A continuidade está diretamente ligada à motivação e ao empenho de seus franqueados. Se eles já entram na parceria com pouca identificação com a filosofia implementada, tudo fica mais difícil. Por isso, analise as dicas apresentadas ao longo deste artigo e garanta diferenciação da sua marca no mundo do franchising.

Gostou? Então, que tal conferir o nosso checklist para a avaliação de franquias?

Facebook Comentários