Franquias baratas: motivos para você não ter uma

Franquias baratas: motivos para você não ter uma

11 de setembro de 2018

Muitas vezes, entrar no mercado de franquias é o objetivo de todo empreendedor que busca uma estabilidade financeira. Porém, por falta de uma avaliação mais profunda e direcionada, alguns optam por franquias baratas, o que acaba sendo uma verdadeira aposta.

De fato, o mercado de franquias é um sucesso no Brasil, com várias marcas ao redor do mundo apostando nos empreendedores do país. No entanto, é preciso entender que, não é porque uma empresa está oferecendo franquias, que isso é garantia de sucesso. Em muitos casos, pode não ser nem mesmo um negócio razoável.

Por isso, nem sempre é válido entrar nesse mercado junto a uma marca que se mostra claramente uma aposta. As chances de o seu investimento dar errado são muito altas. Para te ajudar, neste artigo, apresentaremos motivos claros pelos quais você não deve investir em franquias baratas. Acompanhe e boa leitura!

O franchising pode ser apenas um negócio passageiro

Se uma marca apresenta um valor muito abaixo da média, pode ser que o modelo de negócio seja apenas uma etapa para proprietário. Em outras palavras, o franqueador só está interessado ​​em vender o máximo de franquias. Se os investidores individuais serão bem-sucedidos ou não é irrelevante para ele.

Esse cenário de descaso e negligência é um dos mais perigosos para qualquer empreendedor, principalmente se for iniciante ou com capital financeiro limitado. Para não correr riscos, antes mesmo de entrar em contato com o franqueador, faça uma pesquisa sobre o histórico da marca, converse com atuais e ex-investidores e faça comparativos com marcas do mesmo nicho.

O suporte ao franqueado é visivelmente limitado

Um dos pilares e principais diferenciais do mercado de franquias é o suporte oferecido pelo franqueador aos investidores. Essa também é um dos fatores que explica o grande interesse de jovens empreendedores pela modalidade.

Porém, no mundo dos negócios, tudo tem seu custo. Para oferecer apoio em treinamento, montagem de layout, logística, etc., a empresa matriz precisa realizar investimentos. Ou seja, a probabilidade de franquias baratas oferecerem um suporte de qualidade é muito baixa.

A matemática é bem simples: se o franqueador fatura menos, consequentemente participará menos. Se você for um investidor iniciante, as chances de sucesso diminuem mais ainda. Logo, a melhor dica é analisar bem antes de tomar qualquer decisão. Ainda que a taxa mensal seja baixa, os gastos para a manutenção do negócio podem sem bastante elevados.

As franquias baratas possuem baixos valores intangíveis

Com certeza você já ouviu a expressão “no mundo dos negócios, quem dita as regras é o interesse do público”. Apesar de não definir completamente o mundo corporativo, essa expressão é importante para entendermos o conceito de valores intangíveis.

Um objeto tangível é tudo aquilo que podemos tocar, sentir fisicamente. Logo, o intangível é algo que sabemos da sua existência, mas não podemos segurar. Quando falamos de valores intangíveis nas franquias, nos referimos a questões como:

  • diferenciação;
  • satisfação do cliente;
  • encantamento pela marca.

Outro ponto peculiar à modalidade de franquias é justamente o fato de que o investidor traz consigo todos essas benefícios quando adquire uma marca. São esses valores intangíveis que aumentam as oportunidades de sucesso e tornam a vida do empreendedor um pouco mais fácil.

Nesse caso, será que é interessante investir em uma marca sem todas essas vantagens? A resposta correta é não. Se for para iniciar do zero, sem nenhum tipo de valor intangível atrelado, é mais recomendável abrir um negócio próprio pelo qual se tenha uma afinidade ou conhecimento.

O investidor fica preso a contratos desvantajosos

Quando o investidor entra em uma franquia, ele assina um contrato de responsabilidades com o franqueador. Esse documento apresenta questões como:

  • locais onde o franqueado pode operar;
  • direitos e proibições administrativos do franqueado;
  • tempo de contrato entre as duas partes.

Sim, entre outras coisas, quando você adquire uma franquia, assina um contrato informando o período de atuação. Assim, ainda que você perceba que adquirir franquias baratas não é algo vantajoso, ainda terá muitos problemas caso já tenha firmado contrato.

Logicamente, se entre as cláusulas houver uma possibilidade de rompimento em razão de insatisfação por parte do franqueado (mediante a apresentação de provas), você pode conseguir se desvincular sem grandes prejuízos. Todavia, a possibilidade de perda financeira ainda é real.

Dessa forma, caso você ainda queira insistir em adquirir franquias baratas, mesmo com todos os pontos desfavoráveis, o mais recomendável é ler o contrato por completo e levar para a análise do seu contador.

Quando se adquire um negócio, por mais interessante que pareça, não há garantias de sucesso. No fim, a única certeza que você deve ter é dar o seu melhor e buscar o máximo de conhecimento profissional. Por outro lado, ao optar por franquias baratas, você decide por algo instável, com poucas oportunidades de crescimento. Então, não se arrisque. Busque sempre por marcas com bons históricos e com ótimo suporte a oferecer.

O Portal do Franchising, mantido pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), oferece uma série de opções excelentes em investimentos. Conheça o perfil de franqueado do Billy The Grill, considerada uma das melhores franquias de alimentação do Brasil em 2017!

João Gabriel Ribeiro

João Gabriel Ribeiro

Analista de Marketing Digital do Grupo Alento, franqueadora detentora das marcas Billy The Grill, Vizinhando e Naa! Sushi Bar.

Facebook Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *